REFLEXÕES SOBRE FOTOGRAFIA

“O papel da câmera no embelezamento do mundo foi tão bem-sucedido que as fotos, mais do que o mundo,tornaram-se o padrão do belo”

Publicamos recentemente em nossas redes sociais esta citação da escritora SUSAN SONTAG. O trecho pertence ao capítulo O HEROÍSMO DA VISÃO, presente no livro SOBRE FOTOGRAFIA. É sobre algumas das ideias apresentadas nele que nós escreveremos hoje. 

 

 

 

 

 

 

 Susan Sontag (Foto: Getty Images)

 

 

 

BELEZA E VERDADE NA FOTOGRAFIA

Difícil pensar em fotografia e não associar ela à beleza. O belo é sempre um chamado aos nossos olhos para ser fotografado.  Inconscientemente, só fotografamos o feio se pudermos extrair alguma beleza do que fotografamos. Mais do que isso, observe que até mesmo o grotesco quando retratado em uma foto se torna poético, belo, a partir de critérios subjetivos. Isso acontece porque a fotografia molda o nosso olhar sobre o mundo, nos faz vê-lo de uma forma diferente. 

No início da fotografia, muitos acreditavam que ela era uma espécie de máquina copiadora. Que ela era capaz de registrar a realidade sem a intervenção humana, uma característica muito forte da pintura. Mas percebeu-se com o tempo que ninguém tira a mesma foto da mesma coisa. O ato de fotografar passa por decisões visuais de quem está fotografando, decisões humanas. Assim, podemos dizer que as fotos não registram a realidade, e sim, a forma como alguém vê ou deseja que os outros vejam a realidade. Logo, a realidade também não será enxergada pelos outros como se apresentou no instante do registro, mas sim como consta na fotografia visualizada posteriormente. Na fotografia comercial, um bom exemplo é o trabalho do fotógrafo de eventos. Independente de como o evento tenha sido, a narrativa visual  que o fotógrafo precisa estabelecer com os seus registros é sempre de sucesso.  

A visão fotográfica acabou se tornando uma forma de ver o mundo que une a pretensão da verdade com a busca pela beleza. Não foi coincidência a descoberta da primeira técnica de retoque de negativos ter tornado mais popular o ato de se deixar fotografar. Se antes a própria visão de nós mesmos já era fotográfica, hoje então... Em tempo de selfies, a maioria se conhece mais pelos registros fotográficos do que pelas imagens vistas nos espelhos. 

De um modo mais abrangente, se equilibrando entre a verdade e o belo, a visão fotográfica busca o desafio. Um pôr do sol, por exemplo, sempre é muito fotografado por ser indiscutivelmente belo. Porém, pouco valorizado artisticamente por ser um registro onde a beleza pode ser facilmente encontrada por todos os olhares. A visão fotográfica busca ressignificar a realidade, encontrar beleza onde ela não pode ser vista por todos.  Assim, a fotografia acaba dando ao mundo um sentido de apreciação.  

Reflexões feitas, um outro elemento também precisa ser levado em consideração: contextos. Não podemos ignorar que uma fotografia na parede de uma galeria, em uma revista e em um arquivo policial, por exemplo, são lidas de formas diferentes. Os contextos influenciam a nossa percepção e podem dar significados diversos a uma mesma imagem.

Postado em: 13/03/2020